Sua viagem é possível: planejando e juntando a grana!

Esse blog começou muito antes de existir, quando eu sonhava em viajar o mundo todo e não tinha nenhum tostão para realizar a odisséia.

A verdade é que eu nunca vi a falta de dinheiro como um impedimento. Há jeito para tudo, desde que você queira e esteja disposto a enfrentar os obstáculos!

Hoje quando conto com quanto em geral gasto nas minhas férias, acho engraçado o misto de dúvida e admiração que vejo na cara das pessoas. E sempre me perguntam, mas como?????

Se você der uma lida nos posts vai ver que não são todas as viagens que faço no mode economic, porque o tempo passou e hoje em dia dá para fazer umas extravagâncias, mas NUNCA, nunca mesmo, me endividei ou gastei mais do que eu podia numa viagem. E nem sou boa em matemática.

Então vou contar como faço para me planejar e tentar te ajudar a começar a fazer as malas!!!!!

1) QUANTO TEMPO FICAR EM CADA DESTINO?

Quantos dias você tem? Um feriado de 4 dias? Uma semana,  2 semanas, 20 dias, 1 mês? Não importa. Defina quantos dias você tem para definir seu destino e otimizar a viagem.

Eu sempre viajo no primeiro minuto que tenho livre e volto no último minuto que tenho livre. Já voltei do avião para o trabalho direto. E não é porque sou louca! É claro que viajar cansa e seria bom voltar uns dias antes para resolver umas pendências ou descansar, MAS  1) todos os dias tenho algum tempo livre, nem que seja no almoço, sem falar que a internet, nossa grande amiga, facilita tudo  e com certeza conseguirei resolver as pendências aos pouco e 2)  cada ano tem 104 finais de semana e posso descansar em algum deles em que eu tenha que ficar em casa. De qualquer forma, minha mente sempre volta nova em folha, mesmo que o corpo esteja meio acabado.

67134b5709c67fac4bffd0c9e2482911

Mais importante do que aproveitar como se não houvesse amanhã é que quanto mais dias você passa em algum lugar, mais o preço da sua passagem se dilui, mais descontos você consegue em hospedagem, mais lugares baratos e bacanas você encontra para comer e, em resumo, melhor fica o custo-benefício da sua viagem (exceto se você não tiver resolvido tudo em cima da hora e tenha que pagar qualquer preço).

Já te ouvi mandando um “até parece” ai do outro lado. Veja só: se num feriado de 4 dias você decidisse ir para NY, pagaria uns R$ 1.500,00 de passagem e uns R$ 450,00 de hospedagem meia boca, só para considerar o básico. Essa sua viagem teria mais ou menos 72hs em razão do tempo dos vôos e trâmites de aeroporto e custaria só para voar e dormir R$ 650,00 por dia. Já se você passasse uma semana… esses gastos seriam de cerca de R$ 370,00 por dia e você ainda poderia dormir 8hs por dia sem se preocupar se a festa estaria acabando. Uma economia de quase 50% por dia!

O resumo aqui é: escolha com calma o melhor destino no tempo que você tem, considerando principalmente os deslocamentos, que às vezes fazem sua viagem perder o sentido. Ir de São Paulo à Ubatuba num feriado pode te fazer gastar a mesma quantidade de horas no trânsito que você gastaria num vôo para NY. Vale a pena? E se você gastar a metade desse tempo voando para Buenos Aires? Ponha no lápis o custo do seu tempo e você vai ver a magia acontecer!

2) RESOLVA QUAL SERÁ O SEU BUDGET!

Eu achava que só milionário viajava para a Europa. Nem sabia quanto custava, mas tinha certeza que não podia pagar. Até que umas amigas me disseram que passaram 20 dias com R$ 6.000,00 por lá. Opa, e pode? Pode sim. Pesquisei, escolhi os hostels mais baratos da internet, peguei minha mala velha de acampar e fiz 28 dias com essa mesma quantia ai!

São aproximadamente USD 70,00 por dia e conheço gente que já fez com menos de USD 40,00 sem dormir na rua! Rá-rá.

Qual é o segredo, além de dividir quarto de hostel, comprar comida no supermercado e cortar compras supérfluas (leia-se respectivamente: conhecer gente do mundo todo, fazer picnic nos jardins mais lindos e amar de paixão cada pequena lembrança que você trouxe)?

f2f37c8aa2a78b4540ad850a38361681 (1)

O segredo é definir o budget. Você vai encaixar a viagem na grana que você tem e não o contrário, mesmo que sua ideia inicial precise mudar um pouco. Naquela época eu coloquei esse número na cabeça: vou gastar R$ 6.000,00 e fui montando o roteiro com isso que chegou ao fim com 4 países e 9 cidades. Fiquei de olho nas promoções de passagens aéreas, pesquisei as acomodações mais baratas, lugares baratos para comer, como me transportar gastando menos dinheiro e menos tempo e assim ainda sobrou uma graninha para um jantar mais caro por semana, comprar algumas coisas, tomar umas cervejas.

Qualquer destino cabe no seu bolso. Juro por Deus. Tem uma pessoa que dá a volta ao mundo sem um tostão furado na carteira! Te juro, visita o blog da Carol Bernardes: Volta ao mundo da Carol. Tudo bem, isso já é iluminação, mas se você estiver disposto a viajar sem tanto conforto, sempre dá!

Além disso, desmistifique. Para muitas pessoas, viajar significa comprar uma mala especial, roupas novas para desfilar pelo mundo, perfumes e mais perfumes no Duty Free. Pegue mala emprestada (e devolva direitinho), realize que ninguém sabe que você já usou aquele biquini 23 mil vezes, lembre-se dos perfumes e whiskies que você ainda tem em casa…

Vai, desapega! Você consegue!

3) JUNTE A GRANA EM UM PLANO REALISTA

Como eu já disse, defina quanto você vai gastar e o roteiro. Talvez você já tenha toda a grana, mas se não tiver, o próximo passo é decidir quanto vai conseguir guardar por mês em um plano realista.

Isso envolve 2 coisas:  qual a antecedência no planejamento e quais são seus gastos.

Com relação ao primeiro ponto, já te digo que não há um período certo. Já fiz várias pesquisas sobre a melhor época para comprar passagens, para comprar dólar, para reservar hotéis. A verdade é que essa é uma ciência nebulosa e que nunca apresentou resultados consistentes nas minhas experiências…

Eu considero 6 meses antes o prazo ideal por três motivos: 1) com esse tempo dá para pesquisar com calma, já que isso realmente vai tomar uma boa parte do seu tempo livre; 2) a maioria das agências de viagem dividem a passagem em 5 vezes sem juros e assim você viaja sem dívidas e volta pronto para começar a programar a próxima; 3) em um tempo menor talvez não dê tempo de guardar a grana e você acaba gastando com menos controle no cartão de crédito ou fica pagando muito tempo depois de voltar.

6db24ce70fa29a852c4a8d1185f37ddf

Além disso, se você precisar economizar muito para alcançar a sua meta de budget, não adianta dar um prazo muito longo porque economizar é quase tão difícil quanto fazer dieta!

Não se iluda pensando em cortar o cafezinho, o futebol ou as baladas, isso fará você desistir no meio do caminho e se enrolar nos gastos da viagem. Liste suas despesas mensais, incluindo as futilidades, e depois veja quanto você consegue economizar por mês, sendo realista. Junte a isso uma pequena meta para economizar nestes gastos mensais e acompanhe. Se precisou extrapolar num mês, compense em outro. Assim o sacrifício não é tão grande.

Se você estiver precisando muito mesmo cortar despesas para alcançar o budget, não seja radical ou vai começar a doer: combine com você mesmo fazer só uma balada ou jantar por semana, mude o plano do celular ou da TV a cabo para outro mais barato mas que não mude muito sua rotina, venda suas roupas antigas, faça uns bicos.

Dica Extra: cuidado na hora de pesquisar. Há inúmeros sites mostrando paisagens, atrações imperdíveis, hotéis bacanas, restaurantes que você tem que conhecer. Isso aguça sua vontade e curiosidade por coisas que você provavelmente nem precisa. Já caí na besteira, por exemplo, de escolher um hotel mais caro só porque tinha fotos melhores no booking ou fiz um passeio de excursão só porque li em algum lugar que era difícil chegar sozinha. Dói quando você percebe que nenhuma dessas coisas tinham diferença na vida real. Invista nos inúmeros blogs dando dicas de como viajar barato com relatos verdadeiros, isso vai tornar suas decisões muito mais claras.

Gente que sempre traz dicas para viajar barato: Expert Vagabond, Matraqueando, Viravolta, 360 Meridianos, Mochileiros

Acredita que dá!

Shares 58

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: