Seguro para o Trekking para o Everest Base Camp com resgate de helicóptero

Você está ai animadão para fazer o trekking para o Everest Base Camp, certo? Já contei aqui que até eu que sou uma molenga consegui fazer esse trekking, aqui neste post como fazer com agência, com guia privado e independente e quanto custa cada um deles e aqui tudo o que levar nessa aventura. Agora eu vou te dizer qual seguro para o trekking para o Everest Base Camp com resgate de helicóptero incluído você deve contratar.

Nepal Everest

A situação pode ficar tensa durante o trekking para o Everest Base Camp, por isso, tenha um seguro com resgate de helicóptero incluído!

Por que contratar um seguro para o Trekking para o Everest Base Camp

Antes de mais nada quero dizer que fazer qualquer viagem internacional sem seguro é muita loucura. O custo é bem pequeno e os benefícios, enormes. Qualquer tratamento de emergência certamente vai te custar mais de 3 vezes mais do que você vai pagar pelo seguro e você nem vai saber para que lado ir, enquanto o seguro te leva sempre para hospitais e clínicas de qualidade internacional. Já usei um bom punhado de vezes e garanto: vale a pena.

Mas no seguro para o trekking para o Everest Base Camp a questão é um pouco mais delicada. Seguro é essencial porque uma vez que você vai caminhar por 12 dias pode sofrer acidentes ou ficar doente e ter dificuldades de deslocamento para voltar para Kathmandu. Além disso, já que vai alcançar mais de 5000 metros de altitude, você está sujeito a sofrer do mal de altitude, que em casos graves pode até matar em poucas horas. É essencial que você tenha a opção de descer para o hospital em Kathmandu com rapidez se for necessário. Se você precisar e não tiver seguro, o resgate de helicóptero vai custar cerca de USD 2000. Facada, né?

Por isso, é imprescindível que você tenha um seguro para o trekking que cubra o resgate de helicóptero. Nenhuma agência ou bom guia vai te embarcar no vôo para Lukla sem que você tenha deixado com eles o número do seguro. Simples assim.

Qual seguro para o Trekking para o Everest Base Camp contratar

Faça o seguro antes, com uma operadora do Brasil (ou do país onde você mora) porque lá no Nepal as regras são todas diferentes e o pessoal de lá não vai conseguir te ajudar com isso, ou vai cobrar caro por algo que você certamente faria num piscar de olhos.

Nós temos um seguro para a nossa viagem de 1 ano, mas no nosso seguro não estava incluída a cobertura para esse tipo de esporte nem o resgate de helicóptero (porque fica muito caro para todo o período), então fizemos um outro seguro somente para o trekking – fiz para 15 dias – que ficou cerca de USD 150 para nós dois.

Fizemos o da World Nomads e recomendo  porque além de ser facílimo de contratar pela internet, dá para ler toda a apólice (não é coisa de advogada nerd, mas para esses casos você tem que ter certeza do que está incluso e a leitura é fácil no caso da WN). Além disso, fui muito bem atendida. Fiquei em dúvida porque na apólice constava a cobertura para trilhas marcadas até 6.000 metros, o que incluía o trekking para o Everest Base Camp, mas não estava claro se havia resgate de helicóptero. Mandei um e-mail e no mesmo dia me responderam que havia cobertura e fechamos. Além disso, a World Nomads é um dos seguros mais utilizados no mundo por quem curte esportes, então os guias e os lodges estão acostumados a lidar com o trâmite deles para solicitação do resgate, uma facilidade, com certeza.

Nepal Everest Trekking Base Camp

Tranquilidade de quem tem seguro para uma emergência…

Nós não precisamos usar o seguro, mas só de saber que podíamos chamar o helicóptero se precisássemos era um alívio, já que depois dos 4000 metros praticamente ninguém fica ileso aos sintomas do mal de altitude e honestamente tem hora que dá medo.  Vimos MUITA gente voltando de helicóptero lá pelo sexto dia de caminhada, quando a altitude realmente aperta.

Esse seguro é apropriado também para qualquer outro trekking do Nepal que vá até 6000 metros por trilha marcada como o Poonhill, que você vê detalhes aqui no Carona na Mochila, o Langtang, que você fica sabendo como funciona nesse post do Viaje Leve, e outros circuitos das Annarpunas, mas não há cobertura para trilhas selvagens nem acima de 6000 metros, então veja direitinho o que você vai fazer.

Faça o seu seguro por este link aqui! Não vai custar mais nada e você ainda dá aquele help para manter o blog e deixar a gente feliz. =D

Eu vi nesse post aqui que nenhum seguro no Brasil tem cobertura de helicóptero, mas como o post é de 2015, acho que as coisas mudaram. Tanto a World Nomads quanto a GTA no seguro All Sports confirmaram por email a cobertura para esse caso do Everest Base Camp. De qualquer forma, a Cissa dá a dica do Global Rescue, que também cobre outras modalidades de montanhismo e escalada, achei uma outra ótima opção. E também adorei o blog da Cissa, cheio de dicas para quem gosta de explorar montanhas!

Pronto, você já tá quase lá! Siga o chamado da Montanha! =D

Curtiu o post? Então salva no pinterest e compartilha!

Nepal Everest Trekking

Está empolgado para fazer o trekking para o Everest Base Camp no Nepal? Então comece a planejar e não esqueça das nossas dicas de como fazer, tudo o que levar e como contratar o seguro para o trekking para o Everest Base Camp com resgate de helicóptero. Tenho certeza de que vai ser sensacional!!!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: