New York – onde comer muito, bem e até barato!

A cidade maçã é conhecida por ter milhões de bares e restaurantes. Assim como em São Paulo, são tantas opções que você simplesmente não consegue decidir para onde ir. E muitas vezes erra. Por isso você vai encontrar aqui várias dicas de onde comer em New York e tem opções para quem quer comer muito, para quem quer comer bem e umas dicas para comer barato também!

Começando do começo, o que não faltam são cadeias de restaurantes a preços simpaticíssimos e comida nem tanto. Há versões mais econômicas do Outback, do Applebees e até do McDonald’s. Quase nunca vale a pena e além disso entope metade das veias do seu coração. Curiosamente, o Subway tem um sanduba bem mais servido por lá e ninguém regula muito nas fatias de queijo ou no tempo do lanche no forno como fazem aqui.

(Também está procurando onde ficar em New York? Algumas dicas bacanas para você: no quesito baratíssimo, o West Side YMCA é quase imbatível,  seguido do HI NYC Hostel, ambos com diárias até USD 50 por cama, opções ainda em conta são o Hotel Edison, o lindo The Jane e o Riff Hotel Chelsea, com diárias em torno de USD 130,00,  um pouco acima estão o Days Hotel Broadway, o French Quarters, o NH New York e o lindinho The Ace em torno USD 200 e 300 e para quem está despreocupado e quer uma experiência única: The New York Edition, St. Regis e The Chatwal, com diárias a partir de USD 500.)

Expressinha Big Daddy's New York Restaurante west side

O visual super animado do Big Daddy’s em foto deles mesmos.

 

Onde Comer no Upper West Side

Se por um acaso você leu os posts anteriores e resolveu ficar no Days Hotel Broadway, pode dar um pulo no Big Daddy’s ali do lado no 2454 da Broadway, na altura da 91th. É beeeem típico americano, com comida de filme, totalmente gigante, junk e cheio de tudo. Tudo que é individual serve tranquilamente para 2 pessoas, evite desperdício e save money. Tem outros espalhados na cidade: um na 2nd Av, no Upper East Side e outro lá embaixo em Downtowm.

Não quer besteira? Bastam poucos passos para chegar ao Carmine’s. Se você não estiver ali, vá jantar lá de qualquer forma. Italianíssimo, com porções absurdamente grandes, torrada de alho, lasanha, vinho Coppola, drinks de entrada e o sensacional penne a la vodka: tudo vale a pena. “A Legendary Family Stile Italian Restaurant” que nem é caro. Fica no 2450 da Broadway, na altura da 90th. Tem outro na 44th west, nº 200, mas fica lá no burburinho dos teatros, Rockfeller Center e talvez seja necessário reservar. Vá no da Broadway, ainda tem um português simpaticíssimo trabalhando lá para ajudar os que não versam muito no inglês.

Expressinha Carmine's New York

Uma das porções gigantes do Carmine’s, em foto deles mesmos!

Ainda por ali, não tão perto, mas perto o suficiente para não deixar de ir e perto o suficiente do metrô 72st, linhas 1, 2 e 3 para você chegar de qualquer lugar, fica a Salumeria Rosi. Um lugar em que eu moraria se fosse em São Paulo. Como o nome diz, eles são especialistas em salames, linguiças, enfim, charcutaria. Tudo é di-vi-no. Na dúvida, peça o Selezione Del Salumerie. Vem um pouco de cada e dá para ter um gostinho do talento deles. E nem vou entrar no assunto massas, é de enlouquecer. À noite é bem lotado, mas no horário do almoço costuma ser bem tranquilo e igualmente gostoso e charmoso.

Expressinha New York Salumeria Rosi Selezione Del Salumerie

O Selezione Del Salumerie, um mix das delícias do Salumeria Rosi escolhidos na hora pelo chef. Foto do site deles.

Expressinha New York Salumeria Rosi West Side

E a frente toda fofa do Salumeria Rosi em foto do Daily News!

Burguers em New York para ninguém botar defeito!

Saindo do nosso “trechinho” e caindo na especialidade burguers, deixo 3 dicas, todas boas: JG Melon, no 1291 da 3rd Av no Upper East Side, The Spotted Pig no 314W da 11th e o Shake Shack na Madison Av. com 23rd. O primeiro bem escondido e sério, no melhor estilo Upper East Side, o segundo tão moderninho quanto pequeno (exige um certo investimento no visual moderninho se quiser ter chances de sentar) e o terceiro uma ótima opção caso não consiga lugar no segundo. Tem Shake Shack em vários outros lugares: 366, Columbus Av.; 215, Murray St; 154E, 86th.

Expressinha New York Shake Shack

Burguers do Shake Shack

Expressinha New York The Spotted Pig

Burguer trabalhado do Spotted Pig

Todas as fotos emprestadas dos sites dos próprios restaurantes.

O PJ Clarke’s na minha opinião é o melhor hambuguer eeeeever. E, acredite, é um milagre alguém ter conseguido isso de mim, nem sou chegada. Tem aqui no Brasa, tem em outras cidades e tem mais de um em NY, mas acredite em quem já experimentou aqui e ali: o “The Cadillac” da 3rd Av, no 945, é imbatível. E ainda tem um happy hour animadíssimo!

Expressinha New York PJ Clarke's The Cadillac

O verdadeiro “The Cadillac”, o melhor hamburguer de todos!

Expressinha New York PJ Clarke's

PJ Clarke’s. Fotos do site deles.

Onde comer pelos lados de Chelsea

Já que caminhamos pelos lados modernitos, o Chelsea Market engana, é fofo, mas a comida não é boa. E os lugares ao redor são meio bizarros. Cai numa besteira por ali. Li no cardápio balls with cheese and pasta e transformei, como só eu tenho capacidade de fazer na minha cabeça, em macarrão com bolas de queijo e pedi. Mas não, era realmente uma bola feita de maçaroca de macarrão com queijo e frito à milanesa. Uma das coisas mais nojentas que já vi na vida.

Não está tão colado no Chelsea Market, mas vale a caminhada para comer no Eataly que fica no 200 da Quinta Avenida. Além de todo tipo de comida italiana que se pode querer comer, eles ainda vendem uns acessórios e produtos bacanérrimos e tem um lugar incrível no último andar. De quebra ainda fica num bom ponto para começar as compras.

Expressinha New York Eataly

Delícia do Eataly 1

Expressinha New York Eataly

Delícias do Eataly 2. Fotos do site deles.

Outros restaurantes e bares que valem a visita em New York

Ainda na linha “comer bem” vale um pulo no Les Halles, do famoso chef Anthony Bourdain. Não é que ele fala muito, mas manda bem? A comida corresponde ao sucesso e o preço ainda é razoavelmente acessível. O grande lance são as carnes: o Steak Tartare é brilhante, mas o Steak au Poivre é de lamber todos os dedinhos. E os dois acompanham as sensacionais fritas. Lá o almoço também é bem mais tranquilo! Fica na Park Avenue, no 411 próximo à 29th ou no nº 15 da John Street. Ah, e tem daqueles garçons que te vêem em dúvida e perguntam se você quer que ele traga uma taça de vinho escolhido por ele, surpreende, e a sua conta continua com precinho camarada! Amo.

Expressinha New York Les Halles Anthony Bourdain

A carinha simpática do Les Halles

Se resolveu passar pela Bleecker Street e está dividido entre comprar em todas as lojinhas da região ou sentar tranquilo num Pub para relaxar com os universitários da NYU no melhor estilo americano, ficam aqui 2 dicas: o Fanelli Cafe, no 94 da Prince Street é super tradicional e tem comida rápida e saborosa, já o Pinche Taqueria é simplão, mais conhecido como botecão, mas as porções de comida mexicana são super servidas e gostosas e a cerveza é baratinha, perfeito para um fim de tarde! Fica no 333 da Lafayette Street e tem agradáveis mesinhas na calçada.

Expressinha New York Pinche Taqueria

O estilo botecão do ótimo Pinche Taqueria

Já para os HH a dica é o Slainte, na 304 da Bowery. No melhor estilo irlandês que tanto amamos, no fim de tarde sempre tem double drinks e você pode provar diferentes tipos de cervejas e comer umas porções. A região tem vários outros barzinhos simpáticos, mas o Poetry Bar e o Tom e Jerry (388, elizabeth St) logo ao lado, prometem  encontros artísticos.

Expressinha New York Tom e Jerry Bar

Tom e Jerry Bar

Expressinha New York Slainte

Slainte

Expressinha New York Poetry

Poetry Bar.

 

Todas fotos dos sites ou facebooks dos bares/restôs.

Se acordar no ressacão ou simplesmente quiser apostar num brunch no fim de semana, deixo a recomendação (não testada) de um amigo: o Essex no 120 da Essex Street. Parece que por 10 doletas as mimosas são à vontade!

Onde comer no maravilhoso Brooklyn

Foi passar o dia para lá da Ponte do Brooklyn? Bom, os caminhos são muitos. Se foi conhecer a Brooklyn Brewery ou está lá pelos lados dos óóótemos brechós, não deixe de parar no Trix. Fica no 145 da Bedford Avenue. Além de lindo, e de drinks famosos, tem um sanduba chamado Roasted Portabella que é de tirar o chapéu. E a noite ferve.

Expressinha New York Trix

O lindíssimo Trix no Brooklyn

Já se estiver para os lados de DUMBO pode parar no The Gallery, em frente à York Station no 108, Jay St, e provar num lugar muuuito NY uma comida com pitada cajun. Muito bom.

Se foi para Williamsburg, fica a dica amiga e que será provada o quanto antes para conhecer o Fette Sau. Fica no 354 da Metropolitan Av. e serve cerveja artesanal e coisas de porco de qualidade. Assim, meio rústico.

Expressinha New York The Gallery

O elaborado The Gallery

Expressinha New York Fette Sau

Versus o rústico Fette Sau

Expressinha New York Essex

Bebidas da noite nas manhãs de Mimosas no Essex

Fette Sau

Versus cervejas artesanais em galões de leite nas noites do Fette Sau

Agora, se você veio pela ponte do Brooklyn achando que ia sair no meio do burburinho e não sabe o que fazer, caminhe em direção à Old Futon e aos Parks da região. Hicks St, Cranberry, Orange, todas tem portinhas bacanas de se visitar!

Por fim, se não quiser bancar o chique como todo brasileiro gosta, compre um delicioso almoço em um Deli por ai, sente num parque, descance e curta o momento. Ao contrário do que você pensa, ninguém liga e sua alma agradece.

Mais para sua grande viagem à Big Apple:

Dicas iniciais para a comilança em New York!

New York – onde dormir sem frescura!

New York – Cerveja, Boteco, Relax

New York – Harlem, Gospel, Different

New York – Shows, Broadway, Fuerza Bruta

New York – CityPass vale a pena?

New York – Compras, Vinil, Óculos

New York – Parques

New York – Museus

New York, por onde mais andar?

Expressinha – New York

Você pode gostar...

13 Resultados

  1. Bruna Barbosa disse:

    Boa Stipp! Eu que fiquei com vontade de conhecer, ta anotado!

  2. Rodrigo T. Stipp disse:

    Fantastic tips!!! As a person that really enjoys Thai food, I would add a mention to TAO (http://taorestaurant.com/). Fantastic Setting, Awesome Food, Wonderful Sake Menu and Great Service. It’s a bit pricey, but totally worth it.

  3. Picture Blankets disse:

    Hi there everyone, it’s my first go to see at this web page, and paragraph is genuinely fruitful for me, keep up posting
    these types of articles or reviews.

  4. Bruna Barbosa disse:

    Que delícia Kátia! Obrigada por nos visitar! Esperamos que seu natal seja mágico!

  5. Name Kátia disse:

    Estou chegando dia 24 de dezembro em NY e adorei as dicas onde comer gostoso a preço convidativo. Com certeza irei checar algumas dessas gostosuras.

  6. cyfrowa telewizja naziemna disse:

    Well I sincerely enjoyed reading it. This information offered by you is very useful for good planning.

  7. Gabriel disse:

    Cada dia melhor esse blog!!! a parte ruim é que são 10hs e eu já fiquei com fome… hehehe Bjs

  8. I simply needed to say thanks yet again. I’m not certain the things I could possibly have undertaken without these tips provided by you directly on that subject matter. This was the frustrating setting in my opinion, but seeing this specialised way yo…

  1. janeiro 9, 2015

    […] e entre na 9ª Av. para encontrar o Chelsea Market. O lugar é estiloso e simpático, mas como já disse aqui, é só para dar uma conferida na arquitetura. Ao redor há dezenas de hostels, restaurantes, […]

  2. janeiro 14, 2016

    […] New York – onde comer muito, bem e até barato! […]

  3. janeiro 14, 2016

    […] por fim uma indicação de um lugar que ainda não conheço mas preciiiiiiiiiso ir e que já indiquei aqui. O Fette Sau. Já falei dele aqui e fico toda vez namorando o site… Fica lá pros lados da […]

  4. janeiro 14, 2016

    […] New York – onde comer muito, bem e até barato! […]

  5. fevereiro 11, 2016

    […] New York – onde comer muito, bem e até barato! […]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: