Luanda – Aqui e Ali

Angola tem muitos lugares legais para serem visitados.

Luanda já é cheia deles.

A marginal é uma avenidona à beira mar que está sendo toda reformada e tem um visual lindo. Está ficando cheia de calçadões onde será ótimo caminhar e praticar esportes.

Expressinha Angola Luanda Marginal Nova

Um pedacinho renovado da Marginal, uma delícia!

Expressinha Angola Luanda Marginal Esporte

E alguém que já começou a aproveitar o lindo pôr-do-sol para praticar um esporte…

A ilha também tem calçadões, além, claro, da praia. Se der, vá durante a semana, pois como qualquer praia urbana, fica cheia e suja aos finais de semana. Não esqueça que se ficar em algum bar ou restaurante pagará pelo uso das cadeiras e não será barato.

O Banco Nacional de Angola fica num prédio colonial super bonito, mas cuidado, pois não é permitido fotografar! (coisas de Angola)

Ali pelo centro e Mutamba há vários prédios em estilo colonial e ruas simpáticas que valem um passeio.

Expressinha Angola Luanda Ilha Igreja

Muito fofa!

Também tem o Mausoléu do Agostinho Neto, que é um negócio muito esquisito onde não entrei porque não sou muito chegada nessa coisa de mortos…

No alto de um morro numa das pontas da marginal fica a Fortaleza de São Miguel. No tempo em que estivemos lá o forte estava em reforma e não entramos, mas da porta dá para ter uma idéia da linda vista da baía.

Por ali, cuidado. A residência do (eterno) presidente do país está logo ao lado, o que torna a região bem cercada e proibida para fotos.

Há alguns museus na cidade, mas não consegui, para meu total desgosto, visitar nenhum: o de História Natural, o de Antropologia e o da Escravatura, que fica um pouco fora da cidade no Morro da Cruz e onde ninguém quis me levar!

Outros pontos legais para visitar são as igrejas, qualquer uma delas, a da Sagrada Família, Nossa Senhora dos Remédios ou qualquer capelinha. Vá a uma missa, é totalmente diferente e bonito. Na ilha há uma capela escondida próxima ao cassino, tente conhecer, foi toda restaurada e está muito bonita.A tourada não é bem um ponto turístico e está meio destruída, mas eu passei tanto por lá que me apeguei….considero um marco histórico da cidade! E se é uma pena que esteja destruída, não há o que lamentar pelo fim das touradas.

Expressinha Angola Luanda Tourada

A minha querida Tourada!

O Belas Shopping não é nada demais comparado ao que conhecemos, mas é o que tem, então dá para dar uma voltinha, pegar um cinema, tomar um sorvete. Compras já acho complicado, embora esse devesse ser o verdadeiro intuito do local.

Você sabia que em Luanda ficava o Roque Santeiro, o maior mercado aberto do mundo que reza a lenda movimentava mais de 2 milhões de dólares por dia? A estimativa é do pessoal dos bancos, que usava balanças para contar as notas, tamanho o movimento. Faça uma busca de imagens no google só para ter uma ideia da dimensão. O Roque Santeiro, assim como o da novela, desapareceu, foi extinto. Mas os vendedores estão espalhados por todo lado. Em Luanda não é necessário ir à uma loja para comprar nada, tudo é vendido na rua e virou à direita, virou à esquerda, você estará no meio de um verdadeiro mercado, divirta-se.

Expressinha Angola Luanda Mercado

Tem mercado para todo lado, uns mais arrumados…

Expressinha Angola Luanda Mercado

Outros nem tanto…

Expressinha Angola Luanda Mercado

Mas em qualquer um você vai encontrar alguma coisa que precisa!

Para comprar artesanato, há uma loja famosa na Mutamba, mas o legal mesmo é ir ao Mercado do Benfica, de terça à sábado. Cada um fala que é melhor em um dia: durante a semana porque é mais barato já que tem menos turista e no fim de semana porque tem mais turista e então tem mais oferta. A verdade é que não dá para fingir que você não é turista, então não tem mais barato para você.O mercado não passa de uma tenda com várias mesas de exposição. Não caia na besteira de ir de chinelo, como eu, pois é tudo de areia e com muita sujeira. Voltei com o pé imundo e um pouco de nojo. Ninguém liga.

Expressinha Angola Luanda Mercado Benfica

O famoso mercado do Benfica!

Expressinha Angola Luanda Mercado Benfica

Artesanato do Benfica

Os principais produtos vendidos são artesanato em madeira, algumas bijuterias, panos com estampas africanas (mas made in China), máscaras e quadros. Atenção, pois todos os produtos devem ter um selo do Ministério da Cultura para deixar o país. Eles colam o selinho mequetrefe na hora, mas cobram. Como você obrigatoriamente vai pechinchar o preço do produto, já chore com o selo, pois depois dá trabalho para arrumar.

Se prepare psicologicamente, pois os vendedores beiram ao insuportável. Te chamam, chamam, chamam, pegam, põem peças na sua mão, empurram produtos, enfim, enchem o saco. Gritaram tanto “amiga, amiga” para mim, que fiquei até com enxaqueca no dia em que estive lá.  Tente comprar tudo o que deseja num único dia, na segunda vez a paciência já não é a mesma, eu garanto.

Expressinha Angola Luanda Sangano

Futebolzinho básico de fim de tarde em Sangano!

Expressinha Angola Luanda Sangano

Pescaria em Sangano.

Expressinha Angola Luanda Sangano

Fim de tarde com Sangano tooooda nossa!

Tome cuidado para não tomar golpe, embora não seja comum, e redobre a atenção na chegada e na saída do mercado, quando sempre há alguém pedindo dinheiro para guardar o carro, ou outras aproximações estranhas.Também não acho de bom tom comprar produtos de marfim e rabo de elefante por motivos óbvios e também porque são sempre caros e nem sempre verdadeiros, mas como em cada cabeça há uma sentença, fica por sua conta e risco. E dê atenção aos verdadeiros artesãos. Muita coisa vendida ali vem do Congo e da China e ai, qual é a graça né? Os verdadeiros aceitam encomendas, são mais tranquilos, conversam e explicam. E por favor, não caia na conversa das máscaras desenterradas que seriam relíquias…

Passando um pouco o mercado chega-se ao Miradouro da Lua, um lugar que parece a superfície lunar e é muito exótico tanto com relação ao solo quanto com relação aos animais que vivem por ali.

Expressinha Angola Luanda Miradouro da Lua

Amanhecer no Miradouro da Lua é maravilhoso!

Expressinha Angola Luanda Miradouro da Lua

Olhe com atenção!

Expressinha Angola Luanda Miradouro da Lua

E olhe mais que a natureza se mostra…

Seguindo caminho é possível ver dezenas de praias paradisíacas à direita, com coqueirinhos muito convidativos. Tive a oportunidade de tentar estender minha canga em algumas delas e para minha grande surpresa e decepção, a maioria delas é completamente suja e intransitável. Por intransitável eu quero dizer com muito, mais muito VIDRO na areia, um perigo. As pessoas fazem festas e deixam tudo por ali, quando não usam a areia como lixão mesmo.

Um desperdício que acredito que será revertido assim que houver maior conscientização sobre a necessidade de tratar corretamente o lixo (hoje isso praticamente não existe) e de que devemos conservar estas belezas naturais. Parece maluquice, mas quem já passou um janeiro de férias nos anos 80 no Brasil acredita que essa mudança é possível. Claro, nem tudo é perfeito, mas naquela época o pessoal que distribuía sacolinha para guardar o lixo era considerado hyppie doidão e hoje é gente como a gente, certo?

Expressinha Angola Luanda Sangano

A zona dos pescadores na linda Sangano.

Expressinha Angola Sangano

A chegada punk à Sangano.

Expressinha Angola Luanda Sangano

Imensa e linda Sangano!

Com um pouco mais de gasolina você vai chegar à ponte sobre o Rio Kwanza e poderá encontrar logo à frente uma das praias mais legais que visitamos, chamada Sangano. Dá para passar um dia muito gostoso, tem restaurante e até alguns chalezinhos do Resort Golfinhos para dormir por ali. De um lado, uma calmaria, de outro, a vila de pescadores…

O pessoal local também pode te indicar algumas outras praias excelentes ali pela região.

Expressinha Angola Luanda Sangano

Se quiser ficar e aproveitar mais, tem esses chalezinhos para dormir em Sangano.

Expressinha Angola Luanda (32)

Senão, aproveite o maravilhoso fim do dia na estrada!

Outro monte de praias excelentes fica em Mussulo. Tem que ir até lá de barco (um pequeno com motor) que você pega no embarcadouro.

Aqui é bom ter atenção, pois ao chegar no embarcadouro você será cercado por barqueiros, vendedores, gente de todo tipo e é meio confuso. Nós contratamos um barqueiro por USD 10,00 ida e volta por pessoa. A viagem dura cerca de 10 minutos e marcamos o horário em que ele deveria nos buscar, sempre ficando com o número do telemóvel (mais conhecido como celular).

Comemos bola, pois havíamos marcado com nossos amigos no restaurante Sonho Dourado que tinha barco próprio que além de custar a mesma coisa dá direito a utilizar as cadeiras de praia do restaurante. Vivendo e aprendendo… Por outro lado, tudo no Sonho Dourado tinha preços que mais pareciam um pesadelo, especialmente o almoço estilo buffet pela simples bagatela de USD 70,00. Ta certo que tinha lá umas lagostas e camarões, mas como eu não gosto e o resto era arroz e feijão, achei um roubo! Até em NY se come mais barato em lugares chiquérrimos!!!!

Expressinha Angola Luanda Mussulo

Sonho é essa praia!

Expressinha Angola Luanda Mussulo

Os bares e restaurantes do Mussulo são meio…Praia do Espelho…

Expressinha Angola Luanda Mussulo

Mas o lugar é muito lindo!

Como estivemos lá no nosso primeiro fim de semana em Angola (porque insistiam que era inverno e o tempo bom ia acabar logo), ficamos meio chocados e tivemos uma tarde memorável em que comemos sanduichinhos trazidos do café da manhã sentados na areia enquanto todo o resto da praia se esbaldava na mesa do restaurante. Foi ótimo para já acabar de uma vez por todas com qualquer ilusão colonialista.

Depois, dando uma caminhada, descobrimos que ali perto tinha algumas barraquinhas, bem rústicas, é verdade, mas com precinhos camaradas. O que vale é que a praia é linda e faz jus à visita.

Expressinha Angola Luanda Mussulo

O lado mais modesto do Mussulo…

Expressinha Angola Luanda Mussulo

Mas não menos interessante e com muita Cuca geladinha!

Outro lugar próximo a Luanda é o Parque Nacional do Kissama. Não fui porque ninguém quis ir comigo nem me levar. Reza a lenda que não há muitos animais no parque e que os guias não sabem onde ficam os animais, ao contrário do que parece acontecer em outros lugares da África. Não é, portanto, aquele safari que todo mundo quer fazer, mas com sorte algumas girafas aparecem.

Ouvi muitas histórias sobre os animais em Angola. Alguns dizem que os animais foram dizimados durante a guerra, outros que eles fugiram e outros que nunca houve muitos animais grandes como os de outros países africanos. Não sei se acredito em alguma.

Procurei alguma agência e encontrei a  Eco-Tur. Fiz contato com eles e me parece uma boa opção, com um programa bacana que inclui almoço à beira do rio e até um passeio por ele e transporte porta a porta por um preço bem justo para os padrões de Angola. O problema é que eu não tinha um grupo e eles não tinham um grupo para eu me enfiar nele. Mesmo assim, fica a dica.

Shares 21

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Bruna Barbosa disse:

    Obrigada, Wanessa! Aproveite esses lugares lindos!

  2. Adorei as dicas e lindas fotos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: