Expressinha – Fátima

Fátima está a 1h30 de Lisboa e 2hs do Porto. Há centenas de excursões diárias à cidade . Sozinho é mais fácil ir de ônibus,  pois a estação fica a poucos minutos do Santuário. De Lisboa os ônibus saem de Sete Rios, na estação Jardim Zoológico do metrô e do Porto saem da Praça da Batalha, próximo à estação São Bento do metrô, bem no centro. Os últimos ônibus de volta são sempre por volta das 19 e 21hs, fique esperto. A estação de trem  chamada Fátima fica bem distante da cidade (23km), então caso decida por este meio de transporte, desça na estação Caxarias (10km), que é mais próxima e tem mais ônibus para o Santuário. De carro, basta pegar a A1 sempre em frente.

 

 

Não há muita necessidade de pernoitar em Fátima, mas se quiser, o Luna Hotel  tem bom preço, é perto do Santuário, mas longe da muvuca, e é agradável. Já o Dom Gonçalo Hotel e Spa  é bem mais estiloso, mas também mais caro.

 

 

Ao lado do Santuário, na Rua São José, 2-1, o restaurante Fátima , é muito gostoso e ainda fica bem em cima de uma lojinha de souvenirs onde você pode comprar mais umas lembranças. Um pouco mais longe fica a churrascaria Rotunda do Norte  – Rua São Francisco de Assis, 57, um pouco mais baratinha, mas igualmente gostosa. Atrás do Santuário estão o  Retiro dos Caçadores e O Crespim, recomendados pelos locais. O O Convite no Hotel Dom Gonçalo também é ótimo.

 

 

Impossível ir à Fátima e não ver o Santuário. Não esqueça de dar uma passada na Capela das Aparições , pela energia.

 

 

A grande dica em Fátima é comprar velas beeeeeem compridas  se quiser acendê-las no velário que tem um fogaréu tão forte que é quase impossível se aproximar…

 

 

Fátima é praticamente monocultural , sobrando pouco espaço para qualquer coisa além do culto à Nossa Senhora de Fátima.

 

 

Só existe uma coisa para comprar em Fátima, os souvenirs religiosos . São medalhinhas, santos, terços, cruzes, escapulários, presépios, livros e tudo o mais que se possa imaginar com a mesma temática. Achei um bocadinho caro, mas os fiéis não pareciam se importar com isso.

 

 

Saindo um pouco do centro a cidade fica bem mais rural e até é possível visitar a fazendinha onde os pastorinhos viviam. Além disso, as únicas grutas de Portugal ficam na cidade e podem ser visitadas .

 

 

O pôr-do-sol pode ser bacana ali na esplanada da Basílica mesmo .

 

 

Existe noite em Fátima ! Não sei se há algo além disso, mas estivemos no Lérias – Rua Santa Luzia, 27 – e foi divertido e baratim!

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: