Atacama – Cheguei em San Pedro, começo por onde?

Assim que você começa a andar pela vila de San Pedro vai ver que há muitas agências de passeios, uma porta do lado da outra e vai sentir um medinho de ser muito assediado. Curiosamente isso não acontece. Você vai nas agências que quer, pergunta o que quer, sai sem ninguém se importar. Para falar a verdade, achei o pessoal sossegado até demais, não apenas nas agências, mas nas lojas também. Você entra, fuça, sai e pode ser que ninguém nem mesmo fale com você!

Alguns lugares eu realmente acredito que não se deve ir sozinho, mas se você não é do tipo que detesta excursão (eu! eu! eu! me chama!), não se desespere, há opções. Para a Laguna Cejar, Lagunas Altiplânicas e Termas de Puritama é totalmente possível ir sozinho, mas precisa de um carro. Para o Valle de la Luna dá até para ir de bicicleta, mas são 16kms de pedalada. O caminho é fácil e sinalizado e com tantas vans das agências pelo caminho, não fica muito difícil se localizar. Até o caminho para os gêisers é fácil, mas às 5hs da matina pode ser cansativo, além dos problemas de altitude que podem causar mal estar.

Chile Atacama Machuca

Estrada boa e sinalizada!

Se você não foi com seu próprio carro ou moto, pode alugar um carro no aeroporto de Calama ou em San Pedro mesmo, onde fica uma agência da Europcar. De preferência, saia com tudo reservado, pois a frota é meio pequena e a maioria dos aluguéis são feitos por vários dias seguidos o que nos impediu de alugar quando queríamos, por exemplo.

Agora, a Wisard tem a cereja do bolo: uns jipinhos muito arranjados e uma van toda equipada para que os passageiros possam dormir até 2 noites em qualquer lugar do deserto! Não era caro: aluguel do jipe 70.000 pesos e da van 100.000, e baixando se o aluguel fosse por mais diárias. Pena que não conseguimos achar um carro livre! :( Eu não achei um site deles, mas a agência fica na própria Caracoles, é super fácil de achar. Passe nas Informações Turísticas que fica na Plaza, pegue o mapa das estradas e siga em frente!.

Só não esqueça que a gasolina não é exatamente barata. Se você quiser ousar menos, também pode fazer tours privativos, que quase todas as agências oferecem.

Chile Atacama Valle de la Luna

As dunas do Valle de la Luna.

Chile Atacama Valle de la Luna

Caminhada pelo Valle de la Luna.

Voltando às opções de grupos, saiba que no fundo não é tão ruim. Uma ou outra vez pegamos alguém mais chatinho, mas o estilo do pessoal que vai para lá é bem parecido e facilita bastante as coisas.

Com exceção do Salar de Tara e das Piedras Rojas que são passeios que duram o dia todo, a maioria dos passeios vai das 8hs às 14hs ou das 16hs às 20hs e é por isso que muita gente faz 2 passeios por dia, combinando um da manhã com outro da tarde.

Fizemos somente uma vez: Termas de Puritama com Valle de La Luna, os passeios mais sussa possíveis. Mesmo assim achei essa ideia péssima. Apesar de não fazer muito esforço, a altitude realmente nos deixa mais cansados e somado à secura enlouquecedora, ao calor e à poeira, ficamos bem esgotados de cada passeio. Além disso, pode não parecer, mas nas 2 horas entre um passeio e outro fica difícil fazer qualquer coisa. Em geral você vai correr para comer, vai demorar e nem vai ter tempo de tomar um banho ou tirar um cochilo e vai ter que carregar toda a tralha que é necessária para um passeio, mas não para outro. Ritmo militar em plenas férias! Eu sugiro muito que você faça um por dia, fique tanquilo, possa tomar um vinhozinho, descarregar suas fotos, tomar um banho gelado e, em caso de imprevisto (acontecem muitos, garanto), possa ter tempo de se reprogramar.

Chile Atacama

Voltinhas pela cidade.

Chie Atacama

Guarde uns minutos para umas comprinhas!

Ficamos 8 dias. Foi muito, mas deu tempo de passar mal, de descansar, de  ficar na piscina, de andar sem rumo pela vila, de experimentar cervejas artesanais, de ler, de férias afinal. Recomendo pelo menos 6 dias. Todo o resto que você precisa para se organizar está nesse post.

Só para você entender, pretendíamos ir também para o Salar de Uyuni, na Bolívia, mas o reveillon limitou as datas de saída e o passeio com retorno à San Pedro dura 4 dias ao invés de 3 como achávamos (3 dias é só para ir, dai você tem que ficar na Bolívia). Achamos que ficaria apertado o tempo e nos disseram que com muita gente visitando a região no réveillon, as condições, já precárias, ficavam piores, com falta de água e outros perrengues. Desistimos e ficamos todo o tempo em San Pedro e acho que foi melhor. Tanto deserto e salar de uma vez teriam sido demais para mim.

Chile Atacama Moon Licancabur

Não tenha pressa para poder assistir tranquilo um nascer da lua como esse sobre o Licancabur!

Chile Atacama

Deslumbre-se nas Lagunas Altiplânicas.

Chile Atacama Flamingos

Encontre-se com alguns flamingos….

Depois dou os detalhes de como escolhemos as agências e quanto pagamos, mas as opções de passeios, grau de dificuldade, preço das entradas (em dez/14 sem contar o pagamento à agência que te leva) e horários são as seguintes:

1) Valle de la Luna (e de la Muerte): entre 16hs e 20hs, tem uma bela subida nas dunas, mas é o passeio mais tranquilo e praticamente obrigatório. Tem entrada de 2.000 pesos.

2) Laguna Cejar: entre 16hs 2 20hs, super moleza. A entrada subiu de 5.000 em 2014 para 30.000 pesos em 2015! Facada no peito!

3) Lagunas Altiplânicas (com Salar do Atacama): entre 8hs e 14hs, algumas agências incrementam com Piedras Rojas, caso em que o passeio dura até 18hs. A única dificuldade é a altitude. É um daqueles passeios de embasbacar de tão lindo. A entrada custa 5.000 pesos.

4) Gêisers del Tatio: entre 4hs e 12hs (sim, da madrugada) e além de estar acima de 4.500 metros, faz um frio de rachar, chegando a 10 graus negativos. É recomendado comer comidas leves e nada de álcool na noite anterior. A entrada custa 2.500 pesos.

5) Termas de Puritama (e Vale dos Cactos): entre 8hs e 14hs ou entre 16hs e 20hs, dependendo da agência. De manhã a entrada é mais cara (15.000 pesos por pessoa de manhã e 9.000 a tarde), mas também é mais vazio. Passeio tranquilo nas águas quentinhas, mas se fizer o mini trekking dos cactos pode ser cansativo.

6) Salar de Tara: entre 8hs e 17hs, as dificuldades são a estrada sacolejante e a altitude. Recomendo comer algo levíssimo na noite anterior e nem pense em beber. Se der, ainda tome um chazinho de coca. É o único lugar que ainda não cobra entrada, mas também não tem a menor estrutura (leia-se 9hs sem ver um banheiro e pelo menos 4hs sem ver asfalto).

7) Valle del Arcoiris: entre 8hs e 14hs. É o passeio arqueológico. Não fiz esse, então não sei dar detalhes. Entrada de 2.000 pesos.

8) Tour astronômico: saídas às 21h e às 23h, dependendo da agência. Faz mucho frio. Há tours privados! Dificuldade nenhuma e sem entrada. A partir de 18.000 pesos.

9) Cavalgada:  a partir das 16hs, pode durar de 3hs a 5hs, dependendo da agência e do grupo. Para mim a dificuldade começa em subir no cavalo.

10) Subida à vulcões: entre 1 à 5 dias dependendo do vulcão, época do ano e tipo de subida. Para pessoas com mais condicionamento físico e, na minha opinião, coragem.

11) Curso de culinária: entre 11hs e 15hs ou entre 16hs e 20hs. O grau de dificuldade depende da sua habilidade na cozinha. Custo de 36.000 pesos por pessoa.

12) Piedras Rojas: entre 7hs e 17hs e inclui as Lagunas Altiplânicas. Não fui e não sei dizer o grau de dificuldade. Entrada de 5.000 pesos.

Chile Atacama Geiser del Tatio

Veja o nascer do sol nos Geisers.

Chile Atacama Pedra del Coiote

Veja o pôr-do-sol na Pedra del Coiote!

Chile Atacama Cactos

Vá lá conferir a quanto tempo esses cactos estão aqui no nosso mundão!

Os passeios que vão mais alto: Geiseres, Salar de Tara e vulcões devem ser feitos depois de alguns dias de aclimatação. Em San Pedro você se acostumará a cerca de 2.500 metros acima do nível do mar e esses passeios vão acima dos 4.000. Até para Lagunas Altiplânicas pode ser bom esperar uns 2 dias.

A maioria das agências faz os passeios de 1 a 7 e oferecem preços mais em conta se você fechar o “pacote” com todos ou vários passeios. Algumas também fazem a cavalgada, a subida aos vulcões e o tour astronômico.

No próximo post conto como foram os passeios, com quais agências fizemos e o que vale mais a pena.

Atacama – Breathtaking

Atacama – onde comer muito, bem, barato e no ano novo

Atacama – Planejando como ir, quando e o que levar

Atacama – Tour Astronômico e a Nostalgia de la Luz

Atacama – Programação de Passeios

Atacama – A Beleza em Fotos

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. novembro 14, 2015

    […] tantas opções de passeios que detalhei nesse post, você vai precisar programar sua […]

  2. dezembro 9, 2015

    […] Atacama – cheguei em San Pedro, começo por onde? […]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: