À pé por Cusco – Peru

Cusco começa na Plaza de Armas. É lá que nasce a ferveção, é lá onde acontecem os eventos festivos, é lá que está a Catedral, é lá que, de um modo ou de outro, você vai chegar quando estiver perdido e é lá que todo rolê à pé vai começar e você tem muitas opções!

Ali na Plaza e em alguns entornos ficam casas de câmbio, agências de turismo, lojas com tudo de urgente que você possa precisar, restaurantes e bares.

Peru Cusco Plaza de Armas inti Raimu

Plaza de Armas em plena alegria!

Opções de Roteiros à pé

A cidade em formato de puma (?!) tem inúmeros trajetos à pé. Alguns bem fáceis, outros com subidas dignas de Ouro Preto, todos cheios de lugarzinhos deliciosos.

Abaixo algumas opções de roteiro, perfeitos para antes ou depois dos passeios aos arredores ou para um dia de contemplação da cidade:

1) Plaza de Armas – San Pedro

San Pedro

Da Plaza de Armas (A), você pode, por um lado, seguir pela Calles Mantas/Marques/Santa Clara, passando pela sequência de igrejas (sim, os espanhóis deram uma exagerada): das Mercês (B), colada na Escola de Bellas Artes, Igreja de San Francisco (D) na Plaza San Francisco (C), Igleja Santa Clara (F) ao lado do belo Arco de Santa Clara (E) e San Pedro (G) quando, virando na Cascaparo, você vai chegar ao Mercado Central de San Pedro (H).

Eu achei esse trajeto mais interessante à noite, todo iluminado pelas luzes amarelas e sem a horda de turistas e pedintes. O mercado tem aquela coisas das cores e cheiros de todo mercado, mas fora isso, é um lugar muito movimentado e com mais malandros de olho no movimento. Fique esperto!

Peru Cusco Santa Clara

Portal de Santa Clara à Noite. Mágico.

2) Plaza de Armas – Garcilaso

Garcilaso

Outra opção é sair da Plaza de Armas (A) pela Calle Del Medio e chegar à Plaza Regocijo (B), entrando na Calle Garcilaso, onde fica a Casa del Inca Garcilaso (C), um museu da história cusqueña instalado na casa do escritor Garcilaso Vega (considerado o primeiro mestiço conhecido, que procurou resguardar as lendas de sua mãe quechua), seguido do Museo del Chocolate (D), logo ao lado.

Além do próprio prédio da Casa Garcilaso ser um arraso, também fica lá um escritório oficial dos tickets para Machu Picchu. Eu esqueci de imprimir os tickets e fui até lá para imprimir novamente, mas o escritório trabalha em horários bem doidos. Acabei imprimindo em Águas Calientes, easy.

3) Plaza de Armas – San Blas

San Blas

Para o outro lado, se subir da Plaza de Armas (A) pela Calle Triunfo, vai passar pelo Museo de Arte Religioso (B), pela Piedra de los 12 angulos (C) e, subindo pela Hatunrumiyoc, vai chegar à Plaza San Blas (D), a entrada para o bairro mais charmoso de Cusco. Dali tem que subir e descer por todas as ruelas possíveis encontrando as relíquias do bairro, se deliciando em todas as lojinhas e barracas de artistas e artesãos.

A Plaza de San Blas no fim da tarde é um ponto de encontro de hippies, artistas, músicos e mochileiros e é uma delicinha! Fica ali pertinho do Museo do Pisco onde, dizem, o Pisco custa os olhos da cara. A Pedra dos 12 ângulos é tão misteriosa quanto difícil de achar! De dia, fica rodeada de ambulantes e pessoas fantasiadas de inca, xamã ou de pachammama e mal é possível se aproximar. À noite a rua está bem mais tranquila e ai o difícil é identificar qual é a tal da pedra doida. Tem que ir para entender.

Expressinha Peru Cusco (39)

Curvas

Peru Cusco San Blas

e mais curvas de San Blas

4) Plaza de Armas – Nazarenas

Inka

Se optar por sair da Plaza de Armas (A) pela Cuesta del Almirante, vai chegar ao interessantíssimo Museo Inka (B), um lugar que vale muito a parada. A entrada custa 10 soles e vale todos os centavinhos. Seguindo em frente você vai encontrar a Plazaleta de las Nazarenas (C), um lugar charmosinho com alguns dos hotéis mais caros de custo e o lindo Museo de Arte Precolombiano (D).

Saqsaywaman

Desse trajeto tem uma dica que vale ouro: é subida, mas seguindo a Calle Palacio você vai chegar à Sacsayhuaman em mais ou menos 20 minutos de caminhada chegando pela parte contrária à entrada principal, onde há outra entrada. Juro por Deus! Estou contando isso porque essa é a parada mais legal do city tour de Cusco e você pode fazer tranquilamente sozinho, ir à hora que quiser, ficar lá quanto tempo quiser…! Se tiver dificuldade para subir, você pode ir de táxi e voltar à pé, uma moleza! Dizem que o time de futebol de Cusco treina subindo e descendo o trajeto correndo várias vezes ao dia. Uma vez só, bem devagarzinho, você consegue também!!!!!

Peru Cusco

Os cantos de

Peru Curso Sacsawaman

Sacsayhuaman

5) Plaza de Armas – Av. El Sol

Qorikancha

Ainda é possível sair da Plaza de Armas (A) e caminhar pela Av. El Sol passando pelo Museo de Arte Popular (B), Igreja de Santo Domingo e Qorikancha  (C), chegando ao Centro Qosqo (D), um centro cultural onde pontualmente às 19hs acontecem apresentações de música e dança nativa.

Por fim, saindo pela Calle Plateros e Saphi, não sei indicar pontos turísticos, mas não faltam bares, restaurantes e lojinhas.

Muitas dessas opções podem ser feitas juntas num mesmo dia, mas ai tem que correr e, talvez, perder os encantos escondidos!

Sugiro que você aprecie com moderação.

Mais para você organizar sua viagem para o Peru:

Roteiro para o Peru

Começando por Cusco

À pé por Cusco

City Tour em Cusco

Tour pelo Vale Sagrado em Cusco

Onde Comer e Beber em Cusco

Machu Picchu: quanto custa viajar para lá?

Machu Picchu: Gratidão!

Machu Picchu em 2 dias: lá em cima

Machu Picchu em 2 dias: lá embaixo

Me Xamã que eu vou de novo

Um lago chamado Titicaca: 2 dias para Puno

Navegando no Titicaca: 2 dias em Puno

Um dia em Nazca: Investigando por terra e ar os mistérios do deserto

People from Peru

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. dezembro 2, 2015

    […] tem várias opções de passeio e eu já contei aqui as várias opções de roteiros à pé pela cidade, passando por bairros charmosos, igrejas, mercados e vários museus […]

  2. dezembro 12, 2015

    […] contei no post anterior como foi o nosso City Tour em Cusco, e, antes, o que você pode fazer à pé pela cidade. Na verdade já te dei o roteiro inteiro para o Peru aqui basta escolher o que […]

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: